1 de fev de 2013

VEGETARIANOS TÊM 32% MENOS RISCOS DE DESENVOLVEREM DOENÇAS CARDÍACAS


Vegetarianos apresentaram pressão arterial mais baixa, níveis menores de colesterol ruim e estavam dentro da faixa de peso considerada saudável.

Um estudo britânico concluiu que uma dieta vegetariana pode reduzir o risco de doenças cardíacas em até 32 por cento.
A pesquisa foi publicada na revista "American Journal of Clinical Nutrition", dos EUA.
Pesquisadores da Universidade de Oxford analisaram dados de 15.100 vegetarianos e 29.400 pessoas que comem carne e peixe.
Ao longo dos 11 anos de estudo, entre os não-vegetarianos, 169 pessoas morreram de doenças cardíacas e 1.066 precisaram de tratamento para o coração.

A chefe da pesquisa, Francesca Crowe, da Universidade de Oxford, Reino Unido, teoriza que este risco é reduzido devido a pressão arterial mais baixa e níveis menores de colesterol ruim.

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte nos países desenvolvidos, principalmente nos EUA.  Atualmente, existem mais de 26,0 milhões de americanos diagnosticados com doenças cardíacas.

Em dezembro de 2012, um estudo norte-americano, com mais de 70.000 pessoas, apontou que uma alimentação livre de produtos de origem animal protege o corpo humano contra diversos tipos de câncer.


Fontes : Mercy For Animals / Vista-se

Nenhum comentário:

Postar um comentário