21 de dez de 2013

Livro 'Comidinhas Vegetarianas - Receitas Saborosas para Meditar e Compartilhar'


Este livro apresenta opções vegetarianas de café da manhã, lanches, entradas, pratos principais, sobremesas e ensina a germinar e a brotar sementes.
Delícias como o Bolinho de figo e castanha-do-pará para despertar, o Rösti de mandioquinha com molho de funghi para compartilhar e a Tortinha de banana com cacau e avelã para adoçar são ideais para quem busca uma alimentação saudável e repleta de sabor.


Autor: Rita Taraborelli
Editora: Publifolha
Edição: 1
Ano: 2012
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 192 páginas
Dimensões: 190mm x 190mm

Comprar

20 de dez de 2013

LASANHA DE VEGETAIS ( VEGANA )


Ingredientes :

Para o recheio:

- 400 g de abobrinha
- 4 tomates
- 400 g de abóbora
- 400 g de berinjela
- Azeite
- Ervas frescas
- Sal e pimenta

Para o molho:

- 4 dentes de alho
- 400 g de tomate em conserva
- Azeite a gosto
- Sal e pimenta a gosto

400 g de tiras de massa seca para lasanha (sem ovos)

Preparo

Corte as abobrinhas, os tomates, a abóbora e a berinjela em rodelas. Coloque-as em uma assadeira untada com azeite, espalhe ervas frescas e tempere com sal e pimenta. Leve ao forno por alguns minutos.

Prepare o molho: coloque alho bem picado em uma frigideira com azeite quente e refogue (cuidado para não queimar, senão o molho fica amargo). Acrescente o tomate em conserva amassado e cozinhe por alguns minutos. Tempere com sal, pimenta e depois passe no processador.

Coloque a massa na água fervendo com sal até ficar al dente. Retire e coloque sobre um pano de prato. Monte a lasanha colocando em um pirex um pouco de molho as tiras de massa cozida e uma camada de berinjela. Cubra novamente com tiras de massa cozida e coloque uma camada de abóbora. Continue do mesmo modo com os tomates e as abobrinhas até completar a altura da travessa. Por último complete com tiras de massa e cubra com o molho de tomate. Leve ao forno por alguns minutos para aquecer e pronto!

Dicas

- Sirva com manjericão fresco.
- Cuidado para não queimar o alho, senão o molho fica amargo.
- Você pode preparar os legumes na chapa ou na frigideira.

Rendimento: 4 porções

Veja o passo a passo da receita aqui

Receita da página Bem Simples


Via: Cantinho Vegetariano

19 de dez de 2013

Esses porquinhos resgatados vão alegrar seu dia!



Em Setembro (2013), três porcos fugitivos foram resgatados pelo santuário de animais Edgar’s Mission, em Victoria, na Austrália.

Quando uma das porcas começou a ganhar peso muito mais rápido do que os outros porcos, o pessoal do santuário logo percebeu que eles tinham salvado mais do que três vidas.

No dia 6 de dezembro, a mamãe porco deu à luz oito preciosos porquinhos!

Assista :

                 








18 de dez de 2013

Quibe de Soja recheado com Creme de Tofu ( Vegano )

Foto: Blog Receitas do Boi

 Ingredientes para o quibe:

- 2 xícaras de chá de trigo
- 2 xícaras de chá de proteína texturizada de soja fina
- 1 cebola picadinha
- 4 colheres de sopa de azeite
- Aproximadamente 2 colheres de sopa cheia de farinha de trigo
- Hortelã a gosto
- Sal a gosto
- Pimenta síria a gosto

Ingredientes para o creme de tofu:

- 500 g de tofu  ( Saiba mais sobre o tofu )
- Hortelã a gosto
- Sal a gosto
- Azeite a gosto
- Azeitona picadinha a gosto

Modo de fazer o quibe:

1 - Coloque a porteína texturizada de soja em um refratário e cubra com água, deixe hidratar por 10 minutos. Faça o mesmo procedimento com o trigo.
2 - Retire toda água da proteína texturizada de soja, apertando bem, reserve.
3 - Coloque o trigo hidratado no meio de um pano ou toalha pequena e enrole, aperte bem para tirar todo excesso de água, faça isso em quantidades pequenas para o trigo não vazar, reserve.
4 - Misture em um refratário a proteína texturizada de soja e o quibe, já sem água, e misture bem. Acrescente a cebola picada e a hortelã picada.
5 - Coloque as 4 colheres de sopa de azeite, e as 2 colheres de sopa de farinha de trigo. Se mesmo com essa quantidade de farinha a massa do quibe não der liga, vá acrescentando aos poucos mais farinha até atingir a textura necessária.
6 - Acerte o sal e a pimenta síria, reserve.

Modo de fazer o creme de tofu:

Amasse o tofu com um garfo, ou bata no liquidificador, até que fique homogêneo. Acrescente a hortelã, azeitonas picadas, azeite e acerte o sal, reserve.

Como montar o quibe recheado:

1 -  Em um refratário, coloque metade da massa do quibe até cobrir totalmente a base.
2 - Coloque todo o creme de tofu por cima da massa do quibe e espalhe bem, para ficar com a mesma quantidade.
3 - Cubra o creme de tofu com o restante da massa do quibe, leve para assar em fogo médio - alto, por aproximadamente 30 minutos.


Receita do blog  Receitas do Boi

15 de dez de 2013

BOLO DE FRUTAS VEGANO VESTIDO PARA O NATAL


Uma lindo e delicioso bolo vegano para sua ceia de Natal !

- 1 xícara de ameixas pretas
- 1 colher (sobremesa) de lecitina de soja (emulsão)
- 1 colher de (sopa) linhaça moída
- ½ xícara de água morna
- ½ xícara de óleo
- ½ xícara de suco de laranja
- ½ xícara de farinha integral
- 1 xícara de aveia grossa
- 1/2 colher (sopa) de fermento
- ½ xícara de frutas secas
- 1 maçã picadinha
- ½ xícara de castanhas
- 1 colher  (chá) de bicarbonato de sódio
- 1/2 colher  (sopa) de vinagre
- 3 colheres (sopa) de agave , ou açúcar ou melado

Modo de fazer:

Ferver as ameixas com um pouco de água para hidratar, reserve.
Hidratar a linhaça com a água quente por 5 minutos.

Bater no liquidificador as ameixas, a linhaça hidratada, óleo e o suco de laranja.
Numa tigela misture a farinha, aveia, fermento, as frutas secas, castanhas, maçã, o agave e o liquido do liquidificador, misture bem.

Por último acrescente o bicarbonato e logo em seguida o vinagre.

Coloque a massa numa assadeira, leve ao forno médio e estará pronto quando colocar um palito no centro e ele sair seco.

Dica: se quiser,  jogue por cima chocolate derretido e enfeite com frutas secas e castanhas.


Fonte:  Na Casa da Ma
Facebook :  https://www.facebook.com/nacasadama

13 de dez de 2013

Como substituir ovos em receitas culinárias utilizando a chia

Para substituir ovos ou dar um pouco mais de liga nas preparações, você pode utilizar 1 colher (sopa) de chia triturada, misturada a 60 ml de água.
Basta deixar os ingredientes de molho por 10 minutos até formar um gel e usá-lo no preparo.

Há outros substitutos de ovos, por exemplo a lecitina de soja em emulsão e o amido de milho.

Receita boa é receita que não envolve sofrimento animal!  ;)

CHIA - CONHEÇA SEUS BENEFÍCIOS

A semente é cheia de propriedades anti-inflamatórias. Conheça quais benefícios o consumo da chia oferece à saúde

Pelo excelente conteúdo nutricional, a chia ganhou a atenção de pesquisadores do mundo inteiro. Assim que chegou ao Brasil, entrou na dieta das pessoas que se preocupam com a boa forma física e a perda de peso.
Outras propriedades do grão, porém, merecem ser destacadas. Conheça alguns dos seus benefícios:

1 – Tem ação anti-inflamatória, porque  o  grão fornece o ômega 3 (ácido linolênico), que tem a propriedade de combater a inflamação do organismo. Um estudo realizado por AYERZA, R e COATES W, publicado na revista Annals of Nutrition and Metabolism em 2007 , mostrou que a dieta contendo chia, tanto na forma de grão como na forma de óleo, foi capaz de aumentar os níveis plasmáticos de ácidos graxos ômega 3.

2 – Tem compostos bioativos com forte ação antioxidante, combatendo a ação dos radicais livres que levam ao envelhecimento precoce e também resultam no desenvolvimento de algumas doenças.

3 – Contribui com o controle do diabetes, graças ao alto teor de fibras, o que ajuda a melhorar a sensibilidade ao hormônio insulina, melhorando a glicemia pós prandial (pós refeição). As fibras tornam mais lenta a absorção dos açúcares pelo intestino, o que ajuda e muito a manter a glicemia (açúcar no sangue) controlada. CHICCO,A. e colaboradores, em 2009, publicaram na revista British Journal of Nutrition um estudo que concluiu que uma dieta incluindo o grão de chia influencia positivamente na melhora da resistência à insulina, o que é fundamental para o bom controle do diabetes.

4 – É grande aliada nas dietas de emagrecimento ou na manutenção do peso ideal, por ser fonte de fibras solúveis que formam um composto gelatinoso  no estômago, tornando a digestão mais lenta e  resultando num aumento de saciedade. Isso favorece uma melhor seleção dos alimentos nas refeições seguintes, bem como redução nas quantidades, uma vez que reduz apetite.

5 – Pode ser um alimento coadjuvante na redução do risco de doenças  cardiovasculares, diabetes, dislipidemia em indivíduos que apresentam sobrepeso, isso também por melhorar a resistência à insulina e perfil lipídico. Os indivíduos obesos ou que apresentam sobrepeso já tem fator de risco para o desenvolvimento de diabetes e doenças cardiovasculares. Em março de 2011, na revista Journal of Nutritional Biochemistry, pesquisadores concluíram que o grão de chia introduzido na alimentação dos animais analisados melhorou a sensibilidade à insulina, reduziu a gordura visceral, o que já é fator de proteção para doenças cardiovasculares.

6 – Combate a constipação, ajudando com a boa saúde intestinal, isso também pela quantidade de fibras que fornece.

7 – O consumo do grão favorece também o controle da pressão arterial, porque o ômega 3  presente tem efeito anti-hipertensivo.

8 – A presença do ômega 3 também faz com que a chia seja um bom alimento para a saúde cerebral, já que esses ácidos graxos poli-insaturados são componentes da estrutura das células nervosas, podendo também melhorar a memória, reduzir a ansiedade e depressão.

9 – Ajuda a melhorar a resistência e rendimento de atletas, além da recuperação muscular no pós treino, isso por causa da presença de proteínas vegetais, ômega 3 e também a presença de minerais que são perdidos pelo suor.

10 – É uma poderosa fonte de proteínas vegetais. A qualidade da proteína é excelente, contendo muitos aminoácidos essenciais.

Como incluir na alimentação

É possível encontrar a chia em diferentes formas:

Grãos (sementes ao natural): Preserva as propriedades nutricionais mais intactas. Pode-se incluir em sopas, bolos, saladas, polvilhar em cereais, iogurtes, frutas e até adicionar em bebidas (sucos ou água).

Óleo: Os ácidos graxos ômega 3 e 6 são preservados, no entanto o teor de fibras fica comprometido. É uma alternativa para temperar a salada ou colocar na sopa.

Farinha: É o produto final da moagem do grão da chia, fonte de ômega 3, fibras e proteínas.

É possível ainda encontrar chia em de flocos e em cápsulas.

Ela pode ser utilizada para substituir ovos em receitas. Veja como AQUI

É importante enfatizar que a chia deve fazer parte de uma dieta nutricionalmente variada e equilibrada, para que seja possível colher os seus benefícios para a saúde. Como todo alimento, é recomendado que o seu consumo seja parte de um rodízio, no qual haja variação com outras fontes de grãos e sementes.


Fonte: Blog Viver Bem


12 de dez de 2013

Austrália: Ativistas bloqueiam entrada do matadouro de Melbourne e protestam contra exploração animal.


No dia 5 de dezembro ( 2013 ) doze ativistas pelos direitos animais da ALV (Animal Liberation Victoria) protestaram contra o maior holocausto que o mundo já conheceu, o abate de animais em matadouros.
Cerca de 64 bilhões de animais são assassinados violetamente a cada ano em todo o mundo pelas indústrias de carne, laticínios e ovos.

Os ativistas seguravam placas de sinalização com as palavras 'Pare com a violência - Veganeasy.org ' enquanto impediam vários caminhões, que transportavam cerca de 200 porcos, de entrar pelos portões do matadouro Melbourne, em Vitória (Austrália).
Os gritos aterrorizados dos porcos que já estavam sendo brutalmente assassinados dentro do matadouro podiam ser claramente ouvidos do lado de fora.

O porta-voz da Animal Liberation Victoria, Felicity Andersen, disse : "Estamos cientes de que as pessoas podem acusar os ativistas de prolongar o sofrimento dos porcos, mas se eles estão preocupados com o sofrimento desses animais, eles devem voltar sua atenção e preocupação para o que está acontecendo atrás das portas do matadouro. O sofrimento dentro de todos os matadouros é constante e intenso. Nós, como amorosos membros pacíficos da sociedade, temos o dever de nos levantar e dizer 'basta'. "

"Eu estive dentro de inúmeros matadouros australianos e assisti a matança.
Nenhum filme de terror  pode ser comparado ao que esses animais passam. O terror,  o medo e o pânico ao entrar nessas casas de matança industriais, que cheiram a sangue derramado, os deixam entorpecidos.
Alguns dos animais entram em transe enquanto outros gritam, se debatem e lutam durante todo o caminho até à sua morte.
Toda essa violência pode estar além da nossa visão, mas é esmagadora, injusta, inaceitável e deve ser interrompida.", acrescentou Patty Mark, fundadora da ALV.

Animal Liberation Victoria (ALV) foi fundada em 1978 para abolir a exploração animal. Abraçando o princípio da não-violência, as equipes de resgate ALV investigam abertamente fábricas de animais para resgatar animais doentes e feridos e para documentar as condições cruéis em que vivem, que são escondidas do público.

ALV também promove o veganismo como um estilo de vida ético, compassivo e mais saudável.




Fonte:  ALV

11 de dez de 2013

2013 : Mostra Internacional de Cinema pelos Animais recebe recorde de público

Foto: Guilherme Carvalho

Quarta edição do evento, emociona público e lota Cinemateca

Nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro, Curitiba recebeu uma maratona de filmes que fez transbordar emoções e sentimentos de diversos tipos: consternação, revolta, alegria, ternura e esperança, todas elas se revezando a cada cena exibida. Abordando diversos aspectos dos direitos dos animais, a IV Mostra Internacional de Cinema pelos Animais exibiu mais de 20 produções entre curtas e longas brasileiros, além de produções dos Estados Unidos, França, Portugal, Holanda e Canadá e contou com outras atrações, todas relacionadas ao respeito amplo aos animais (confira os filmes exibidos logo abaixo). O evento teve público recorde, com diversas sessões com lotação máxima. Vários diretores, atores e ativistas dos direitos dos animais também prestigiaram da Mostra.

Os  filmes  homenageados  pelo  público  e  que  receberam  o  Oscow  2013  foram  o  curta brasileiro 'O Pé de Picanha - O Caipira' (SP, 2013) de Ricardo Honório e  os  longas 'Como me tornei um elefante' (EUA, 2012)  de  Tim Gorski e 'Os Fantasmas na Nossa Máquina' (Canadá, 2013),  de Liz Marshall.  Já a  produção da Mostra  homenageou  o longa francês 'A.L.F.',  de  Jérôme  Lescure,  que  através  de  uma história baseada em fatos relata o resgate de animais que eram usados para testes de laboratório. Após o filme, ativistas da ALF Brasil que participaram recentemente do resgate dos beagles no Instituto São Roque, realizaram um bate-papo com o público.

“A  Mostra  foi  um  sucesso tanto  em  relação  ao  público,  pessoas  vieram  de  Brasília, São  Paulo,  Minas  Gerais,  Florianópolis  e  diversos  outros  lugares  especialmente  para a  Mostra  Animal,  quanto  em  relação  à  discussão  que  ela  proporcionou  a  todos  os envolvidos.  Além  dos  filmes  que  mostram  as  mais  diversas  e  sistemáticas  formas  de exploração  aos  quais  animais  são  submetidos  pelos  seres  humanos,  o  público  pôde assistir  a  produções  inspiradores  ao  conhecer  histórias  de  pessoas  que mudaram  seus hábitos e costumes transformando-se em verdadeiros exemplos dedicados aos Direitos Animais e sua propagação ao redor do mundo”, disse o coordenador da Mostra Animal, Ricardo Laurino.

Ao  término  do  evento  ficou  a  promessa  de  que  em  2014  a  5ª  edição  virá  com  força ainda maior  e  a  expectativa  é  de  que  até lá  a  questão  possa ter  avançado  em  prol  do respeito a todos os animais.


                          



Saiba mais no site Mostra Animal

10 de dez de 2013

A banda canadense Barenaked Ladie cancela show no SeaWorld após assistir o documentário Blackfish


Willie Nelson, Joan Jett e a banda Heart também cancelaram suas performances a pedido das petições Change.org.

A decisão veio depois que o baterista Tyler Stewart, 46, assistiu o documentário Blackfish, que foi ao ar na CNN no mês passado e que questiona as condições em que vivem as baleias orcas que se apresentam no parque aquático.

A história provocou indignação e fãs lançaram uma petição online na semana passada, pedindo para a banda cancelar seu show no parque Seaworld, em Orlando, que vai acontecer no dia 15 de fevereiro de 2014, durante o Brew & BBQ festival.

'Nós já conversamos e dicidimos não tocar no SeaWorld desta vez,' a banda indie de Ontário, Canadá, escreveu em sua página do Facebook na quarta-feira.

O anúncio veio apenas dois dias depois que Steward twittou, 'Como vocês,  já vi o filme e estamos afetados. Estamos atualmente procurando opções sobre como proceder.'

O documentário centra-se na história da orca Tilikum, que foi responsável pela morte de três pessoas,  incluindo a treinadora Dawn Brancheau, e nas consequências de manter tais animais grandes e inteligentes em cativeiro.

O filme trágico começa no tempo em que Tilikum foi capturado nas águas da Islãndia, em 1983, assediado e mantido em um tanque escuro durante horas - o argumento de Cowperthwaite é que esses fatos contribuíram para o comportamento agressivo da baleia.

'Para quem nunca questionou o hábito humano em manter animais selvagens em cativeiro e treiná-los para executar truques por comida, isto será mordaz, muitas vezes angustiante,' diz a resenha do documentário.

"Nós do Barenaked Ladies tomamos uma decisão com base no que nós sentimos. Não se trata de dinheiro, petições, ou imprensa... Mas se trata de nossos fãs. Nós ouvimos eles , e eles são importantes para nós. Suas sensibilidades ressoam com a nossa e tem sido assim por décadas. Nós crescemos juntos. Em última análise, nós tomamos a decição que nos fez sentir bem.
Obrigado por todo o apoio. Vamos vê-los em um local de concertos mutuamente agradável em um futuro próximo!", publicaram na página do facebook.

                             

Após a banda Barenaked Ladies ter cancelado o show, o cantor e compositor de música country, Willie Nelson, Joan Jett e a banda Heart também cancelaram suas performances a pedido das petições Change.org.

Joan escreveu uma carta pedindo que o SeaWorld parasse de tocar as músicas dela nas apresentações. As informações são da Associated Press.

"Estou entre os milhões que assistiram a Blackfish e estou enojada por ter tido minha música usada sem minha permissão em mamíferos marítimos sensíveis ao som", escreveu Joan em uma carta para o Presidente do SeaWorld, Jim Atchison.

Apesar de o parque ter permissão para usar “I Love Rock’n’Roll” como música de abertura do show “Shamu Rocks”, em Orlando, a música foi retirada, conforme o SeaWorld disse à AP por e-mail.

 

Fontes
Daily Mail
Associated Press


6 de dez de 2013

PE: Jornal Ganapati espalha 5 outdoors sobre vegetarianismo


Campanha de final de ano (2013) com a mensagem "TIRE A CRUELDADE DO SEU PRATO. SEJA VEGETARIANO" em outdoors é promovida pelo Jornal Ganapati.


Cinco outdoors estão espalhados pelas cidades do Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes, desde segunda-feira (dia 02/12), com uma campanha impactante, trazendo a reflexão e o convite a conhecer o vegetarianismo.

O Jornal Ganapati realizou um Jantar Indiano Vegano, no dia 09/11 no Papaya Verde Restaurante (com apoio do EMPÓRIO PURA VIDA) com o objetivo de arrecadar fundos para financiar o projeto.

Os outdoors permanecerão nas ruas durante 15 dias.

Um dos outdoors da campanha, localizado na Av. Joaquim Ribeiro - Antes do acesso à ponte da Caxangá. - Várzea - Recife


Site : Jornal Ganapati
Facebook :   https://www.facebook.com/pages/Jornal-Ganapati/

México: Praça de touros dá lugar a Casa da Cultura, Artes e Ofícios


A praça de touros do município de Jiutepec começou a ser demolida no México, para dar lugar a um novo espaço dedicado à cultura, artes e ofícios.

A decisão foi contestada por um grupo de aficionados da tauromaquia, designado “Comité del Corral de Toros” o que levou a Presidente da Autarquia, Silvia Salazar Hernández, a realizar uma consulta pública à população no passado dia 21 de Julho, para que os habitantes pudessem emitir a sua opinião sobre o assunto. A esmagadora maioria da população apoiou a demolição da praça de touros: 90,6% votaram a favor, 6,6% contra e 2,8% foram votos nulos.

O novo espaço cultural, que irá substituir a praça de touros, inclui a instalação de um projeto de Radio e Televisão Cultural através da internet, num investimento superior a sete milhões de pesos, financiados pelo Conselho Nacional para a Cultura e as Artes.

O Diretor do Instituto de Cultura de Jiutepec, Jovan Taylor Marías, manifestou a necessidade de dar início a estas obras, uma vez que havia o risco de recurso por parte do denominado “Comité del Corral de Toros” que a todo o custo tentava evitar a concretização deste projeto pressionando as autoridades locais.

Consulta popular em Jiutepec. 90,6% dos cidadãos aprovaram a demolição da praça de touros.


Fonte:  Basta - Cidadãos Pela Abolição das Touradas em Portugal

3 de dez de 2013

BRASIL TERÁ PRIMEIRO SANTUÁRIO DE ELEFANTES DA AMÉRICA LATINA


 Um grupo de americanos e brasileiros começaram nesta semana as primeiras ações para criar no Brasil o primeiro santuário de elefantes da América Latina e, assim, dar refúgio e uma nova liberdade a dezenas destes animais selvagens criados em cativeiro.

Scott e Katherine Blais, cofundadores do maior santuário de elefantes dos Estados Unidos, viajaram nesta semana ao Brasil para decidir onde ficará o santuário de elefantes do país, um projeto sem fins lucrativos que permitirá acolher cerca de 40 animais.

Em entrevista à Agência Efe, Scott Blais assegurou que "a América Latina tem uma das legislações em proteção de elefantes mais avançadas do mundo", já que cinco países proíbem que estes animais sejam utilizados para espetáculos. Essa lista deverá incluir, em breve, o Brasil, que tem uma nova legislação pendente de votação.

Os Estados Unidos, no entanto, seguem permitindo que os elefantes sejam utilizados em circos e outros espetáculos, apesar de organizações de proteção dos animais criticarem a crueldade à qual se submete estes animais de grande inteligência.

Apesar de as novas leis a favor de elefantes na América Latina, os animais carecem de lugares apropriados para viver. Por conta disso, continuam reclusos em pequenos espaços, com má alimentação ou encadeados, algo que mudará com os quase 600 hectares que poderão desfrutar uma vez que o projeto do santuário de elefantes do Brasil se materialize.

Com a colaboração de Elephant Voices no Brasil, os responsáveis do projeto esperam conseguir, em breve, os recursos privados necessários para habilitar uma grande extensão de terreno no coração do país e dar um habitat de semiliberdade aos elefantes.

Scott Blais assegurou que já conseguiram um compromisso para dispor de um grande terreno no Brasil e que conquistaram avanços com grandes empresas locais para que forneçam o material do grande cercado que será necessário para mantê-los seguros.

"O Brasil é o lugar ideal. Graças ao clima os elefantes poderão se movimentar em liberdade durante todo o ano e não teremos que levantar edifícios para protegê-los do frio no inverno", explicou Blais.

"É incrível os avanços registrados no comportamento destes animais uma vez que desfrutam do espaço necessário. A melhora física e psicológica é impressionante", disse Katherine.

Os especialistas estimam que em 12 anos não restem mais elefantes em liberdade devido à diminuição de seu habitat tradicional na África e na Ásia e as constantes capturas por marfim ou uso humano. Lugares como esse, alertam os estudiosos, serão os últimos redutos para refugiar estes grandes animais.


Fonte:  Terra

BISCOITOS DE GENGIBRE DECORADOS ( EMPÓRIO VEGAN )


O Natal está chegando! E temos uma super dica para seu Natal vegano!

No Empório Vegan você encontra os tradicionais biscoitos natalinos de gengibre, na versão vegana !

A empresa, que é especializada em alimentos e produtos veganos e está localizada no Rio de Janeiro, ainda oferece outras opções para encomenda, como cupcakes natalinos, cheesecakes de framboesa, rabanadas, wraps, entre outras delícias veganas.

Preço do biscoitos: R$ 6,00 embalagem com 6 unidades

Mais Informações:

Site: Emporio Vegan
E-mail: emporiovegan@emporiovegan.com
Facebook: https://www.facebook.com/emporioveg
Telefone: (21) 3366-0309

2 de dez de 2013

SORVETE DE LIMÃO SICILIANO ( VEGANO )

Foto: Ormuzd Alves
  Uma deliciosa receita refrescante e vegana!

Ingredientes :

- 2 e 2/4 de xícaras (chá) de água
- 2 cravos
- 1 pedaço de canela em pau
- 3 folhas de hortelã
- 1 xícara (chá) de açúcar
- Raspas de 2 limões sicilianos
- Suco de 6 limões sicilianos

Modo de Preparo  :

Em uma panela, coloque a água, os cravos, a canela, as folhas de hortelã. Misture o açúcar e leve ao fogo, sem mexer até formar uma calda.
Desligue o fogo, retire os condimentos e acrescente as raspas de limão. Junte o suco de limão e misture bem.
Coloque em uma travessa funda e leve ao freezer até ficar duro.
Retire do freezer e bata na batedeira até ficar cremoso.
Distribua em taças individuais e leve-as ao freezer até endurecer novamente.
Decore com rodelas de limão.

Dica: Se quiser substitua o limão siciliano por limão galego.


Preparo: Rápido (até 30 minutos)
Rendimento: 4 porções


Fonte:  MdeMulher


1 de dez de 2013

TENDER VEGANO


Uma deliciosa receita vegana para uma ceia de Natal 100% livre de sofrimento animal !

Ingredientes :

-  Polenta de grão-de-bico (preparar um dia antes):
-  2 xícaras de farinha de grão-de-bico
-  3 xícaras de água ou caldo de legumes caseiro
-  1 tomate grande
-  sementes de cominho a gosto
-  louro em pó a gosto
-  sal a gosto
-  2 dentes de alho
-  1/4 de cebola
-  1/3 de pimentão vermelho

Recheio (fazer um dia antes também):

-  50 gr de cogumelo shitake
-  50gr de cogumelo paris fresco
-  50gr de shimeji
-  1 cenoura pequena
-  1 pedaço de salsão
-  1 cebola
-  2 dentes de alho
-  sal a gosto

Para montar o "tender":

-  massa folhada vegana
- catchup

Instruções de preparo :

Polenta:

Bata tudo no liquidificador, coloque numa panela e leve ao fogo até que engrosse e vire uma polenta firme. Despeje num pedaço de papel alumínio e faça uma bola, meio achatada, com a massa (modele). Leve à geladeira até o dia seguinte. Obs.: faça furinhos no alumínio. Pode juntar um pouquinho de água, mas é só jogar fora que a massa não fica comprometida.

Recheio:

Pique a cebola e passe os dentes de alho no espremedor. Refogue em azeite. Passe a cenoura e o salsão pelo processador. Junte na panela. Passe os cogumelos no mesmo processador e junte à panela também. Salgue. Refogue tudo  até que esteja macio. Deixe a mistura secar um pouco (não pode ficar muito aguada) e desligue. Leve à geladeira.

Montagem:

No dia seguinte, tire tudo da geladeira. Coloque a bolota de grão de bico numa assadeira, sem o papel alumínio e, com cuidado, abra uma tampa no topo dela com uma colher (pequena).
Com a colher ainda, vá retirando, pelo buraco que fez, o recheio da bolota. É como fazemos com as morangas para recheá-las... Quando estiver bem cavado, encha com o recheio de cogumelos. Recoloque a tampa. Não há problemas se rachar um pouquinho. Vamos passar massa folhada ao redor de tudo, então, não vai aparecer.
Corte um pedaço da massa folhada e abra bem fina.
Coloque sobre a bolota, com a parte central cobrindo a tampa por onde se escavou.
Vire e feche a massa folhada. Vire novamente e deixe a parte lisa para cima. Com uma colher, faça riscos paralelos na massa (sem cortar, apenas desenhos). Passe ketchup por cima da massa e leve ao forno até dourar.

Sugestão: Você pode decorar com frutas, com batatas assadas ou outro legume assado que quiser. Sirva com arroz à grega.


Fonte:  Ser Vegana