31 de mar de 2014

Corte Internacional ordena que Japão suspenda caça às baleias

Mais proteção às baleias

A Austrália e grupos ambientalistas conquistaram uma importante vitória na Justiça nesta segunda-feira (31). A Corte Internacional de Haia determinou que o Japão pare imediatamente a caça de baleias na Antártica. A decisão é final e o Japão não pode recorrer.

A caça às baleias é proibida por uma moratória imposta pela Comissão Baleeira Internacional (CBI) em 1986. O texto da moratória, entretanto, permite matar baleias para fins científicos e colocar essa carne no mercado. O Japão utiliza um desses programas científicos, chamado de Jarpa II, para caçar 850 baleias-minke, 50 baleias-fin e 50 jubarte por ano.

 A Austrália entrou na Justiça internacional alegando que esse programa não é científico e só serve para encobrir a caça comercial, aproveitando uma brecha da moratória. O Japão nega e diz que seu programa serve para examinar idade, hábitos alimentares, exposição a toxinas e outras características da população de cetáceos. O programa é controverso. Segundo biólogos, há maneiras de adquirir essas informações sem matar os animais.

A decisão da Corte de Haia não foi unânime, mas é suficiente para interromper o programa Jarpa II. Por 12 votos a 4, os juízes decidiram que o Japão não consegue explicar a necessidade de matar 850 baleias-minke para fins científicos. "A Corte conclui que as permissões para matar baleias emitidas pelo Japão não condizem com propósitos científicos", diz a sentença. A Corte determinou que todas as permissões do Jarpa II sejam revogadas.

A decisão ainda não significa o fim da caça às baleias. O Japão pode caçar, em menor número, no norte do Pacífico, e pode criar novos programas de "caça científica", já que a decisão se aplica apenas ao Jarpa II. Outros países baleeiros, como Noruega e Islândia, também têm permissão para a caça de subsistência de comunidades tradicionais. Segundo o governo da Austrália, desde o início da moratória, o Japão matou mais de 10 mil baleias.

A boa notícia é que o apetite pela carne de baleia está em queda livre em todo o mundo, inclusive no Japão. Segundo o Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal, as vendas de carne de baleia caíram tanto que a indústria baleeira japonesa está à beira do colapso econômico.


       Navio baleeiro japonês caça uma baleia-minke em Hokkaido, em foto de setembro de 2013 (Foto: Kyodo News/AP)


Fonte: Época

23 de mar de 2014

Bolinho de Abóbora com Aveia recheado com Mandiokejo ( Vegano )



Uma versão de bolinho assado que fica super saboroso.
Nessa receita foi utilizado o queijo vegetal Mandiokejo* para recheá-lo. Quem quiser pode optar por outros recheios, como tofu em cubinhos.
Essa receita rende, aproximadamente, 15 bolinhos.

Ingredientes :

    Bolinho:

-  2 xícaras de chá de abóbora cozida amassada
-  1 xícara de chá de farinha de trigo
-  1 caixinha de aveia em flocos finos
-  1/2 cebola picadinha
-  Cheiro-verde a gosto
-  Noz-moscada a gosto
-  Sal

    Recheio:

- 1/2 receita de Mandiokejo firme para recheio conforme instruções de preparo

Instruções de preparo :

1 - Misture todos os ingredientes para o bolinho, com exceção da aveia, até ficar homogêneo.

2 - Acrescente aos poucos a aveia até obter uma massa firme, fácil de modelar. Essa mistura fica um pouquinho pegajosa devido à aveia.

3 - Umedeça as mãos com água e pegue uma quantidade razoável de massa para formar uma bolinha, recheie com o Mandiokejo e modele novamente. Faça isso com o restante da massa.

4 - Coloque os bolinhos em uma assadeira untada e leve para assar no forno em fogo médio até dourar.

Você pode comprar o Mandiokejo clicando AQUI.


Fonte:  Receitas do Boi



16 de mar de 2014

Hamburguer de Quinoa com Ervas ( Vegano )


Hambúrguer vegano, sem glúten, nutritivo e fácil de preparar.

Ingredientes :

- 6 colheres de quinoa em grãos
- 5 colheres de farinha de arroz
- 250ml de água
- Salsinha
- Cebolinha
- Manjerona
- Orégano
- Curry
- Sal
- Óleo vegetal (apenas um fio)

Instruções de preparo :

 Cozinhe a quinoa com água e sal (abafe algumas vezes e quando achar que está bom deixe a água secar um pouco);
  Depois de cozida, acrescente a salsinha, a cebolinha, a manjerona, o orégano, o curry e a farinha de arroz aos poucos até dar liga;
 A quinoa fica úmida e por isso não é necessário acrescentar água.
 Acerte o sal se necessário e a farinha de arroz.
 Molde os hambúrgueres e coloque-os para dourar os 2 lados em uma frigdeira antiaderente untada com óleo.

   Preparo: 25 min.
   Cozimento: 15 min.
   Rendimento: 2 hamburgueres grandes


Fonte:  Dica Veggie

5 de mar de 2014

Bolo Gelado de Chocolate Recheado com Creme de Nozes (vegana)

                                                                                                                             Foto: Blog Dica Veggie
Ingredientes

Para a massa:
1 xícara de farinha de aveia
1 xícara de farinha de trigo branca
1 xícara de açúcar demerara
5 colheres (sopa) de óleo vegetal
1 colher (sopa) de fermento químico
3 colheres (sopa) de cacau em pó
1 xícara de água

Para o recheio:
1 lata de leite condensado de soja
100 g de nozes

Para montar:
3 colheres (sopa) de açúcar refinado
6 colheres (sopa) de água
Castanha-de-caju ou nozes picadas (opcional)

Preparo :

Misture todos os ingredientes secos da massa, acrescente os ingredientes líquidos e misture bem.
Despeje a massa em um tabuleiro untado e enfarinhado.
Asse por aproximadamente 30 minutos em forno médio (dependendo da forma pode ser 25 minutos).
Forre uma forma de bolo inglês com papel plástico. Por cima do plástico, forre a forma com o bolo.
Leve ao fogo uma mistura de 3 colheres (sopa) de açúcar e 6 colheres de água.
Deixe cozinhar até formar uma caldinha.
Molhe o bolo da forma com a calda de açúcar.

Em uma panela a parte, cozinhe o condensado de soja com as nozes picadas até engrossar.
Mexa para não queimar o fundo.
Despeje o doce de nozes na forma forrada com bolo (reserve um pouco para a cobertura).
Cubra o recheio do bolo com outra camada de bolo. Coloque pequenos pedaços de bolo e pressione um pouco contra o recheio.
Molhe essa última camada do bolo com a calda de açúcar.
Leve a forma ao congelador por algumas horas e desenforme depois (o plástico ajuda a desenformar). Agora acrescente um pouco de água ao doce de nozes que foi reservado até ficar bem molinho para escorrer sobre o bolo.
(Ele já deve ter esfriado e engrossado mais ainda). Entorne essa cobertura no bolo e com o auxílio de uma colher espalhe por todas as laterais também. Cubra a cobertura com castanha de cajú ou nozes picadas.
(Opcional) Leve para gelar.


Fonte:  Blog Dica Veggie

Família de porcos foge de matadouro e ganha uma vida cheia de mimos


A família de porcos que há quatros anos fugiu de um matadouro em São Paulo e foi encontrada pelo Centro de Zoonoses e adotada por Clélia, que é vegetariana, leva uma vida mansa, cheia de carinho e respeito, que todos animais merecem!

 Assista !


Fonte: R7