23 de dez de 2012

PANETONE TRUFADO ( VEGANO )

Panetone Trufado

Ingredientes:

300g (3 xícaras) de farinha de trigo
2 tabletes (30g) de fermento biológico
100 ml (meia xícara) de água morna
100 g (meia xícara) de açúcar
3 colheres (de sopa) de leite soja
4 colheres (de sopa) de margarina vegetal
1 colher (de chá) rasa de sal
Essência de baunilha ou Panetone
Gotas de Chocolate Hidrogenado

Aqueça água até estar na temperatura do corpo. Despeje-a numa tigela e junte o fermento. Adicione 1 colher de sopa cheia de farinha e misture. Cubra com um pano de prato e deixe descansar até que comecem a aparecer bolhas na superfície. Junte a farinha aos poucos, mexendo sempre. Acrescente os demais ingredientes, menos a margarina. Despeje a massa numa superfície limpa e sove por 10 min. Enquanto estiver sovando, acrescente a margarina. Despeje a mistura na forma para panetone . Cubra e deixe descansar por pelo menos 2 horas. Leve ao forno quente por 10 minutos. Abaixe o forno para médio e deixe por mais 30 minutos.

Trufa:
1 Barra 200g Chocolate Meio Amargo
1 Caixinha Creme de Soja

Derreta o Chocolate em banho-maria e misture o Creme de Soja. Após o chocotone ser retirado do forno espere esfriar por algum tempo, até que esteja manipulável. Com o auxílio de uma faca corte o centro do chocotone no formato de um cilindro, reserve a “tampa”. Recheie o centro com a trufa, coloque a “tampinha” e decore.


Fonte: Bússula Vegan

22 de dez de 2012

CUSCUZ MARROQUINO DE BERINJELA E ABOBRINHA

 
A receita de cuscuz de cítricos e legumes grelhados é uma boa aposta para os que buscam uma refeição saudável, leve, de fácil preparo e saborosa.

A receita de cuscuz de cítricos e legumes grelhados tem rendimento para 4 pessoas.




Ingredientes:

- ½ cebolinha
- 3 colheres (sopa) de azeite extravirgem
- 180g de farinha de cuscuz pré-cozido
- 300ml de caldo de legumes
- 2 cenouras
- 100g de berinjela grelhada
- 150g de abobrinha grelhada
- 1 laranja
- 1 limão
- Cebolinha-francesa
- Sal
- Pimenta-do-reino

Modo de Preparo:

Pique a cebolinha. Em uma panela pequena, aqueça o azeite de oliva e frite a cebolinha; junte a farinha de cuscuz e deixe fritar em fogo alto. Cubra com o caldo, adicionado em fio, ou a mesma quantidade de água fervente, e deixe crescer por cerca de 10 minutos.

Enquanto isso, raspe as cenouras e corte-as em palitos grossos. Grelhe os palitos sobre uma frigideira de ferro sulcada, salgando-os ligeiramente. Corte a berinjela e a abobrinha grelhadas em pedaços pequenos.

Raspe a casca da laranja e do limão sobre a mistura feita com a farinha do cuscuz, ainda quente, espalhe-o em uma assadeira e deixe esfriar e granular. Misture os legumes já frios, aromatizando-os com a cebolinha-francesa cortada. Acrescente sal e pimenta-do-reino e sirva.


Fonte : Vida Vegetariana

DICA NATALINA - ÁRVORE COMESTÍVEL



Dica para decorar sua mesa de natal vegana.

Couve-flor, brócolis, tomate cereja e carambola.

Lindo, né?

^_^




20 de dez de 2012

RABANADA VEGANA


Ingredientes

- Pão
- Açúcar
- Cravo
- Canela
- Leite de soja

Preparo

Faça uma calda com açúcar, água, cravo e canela. Molhe o pão no leite de soja, esprema e coloque na calda em fogo brando. Deixe por uns três minutos e vá retirando e colocando num escorredor para retirar o excesso da calda. Arrume num refratário e polvilhe com canela. Se preferir, coloque na geladeira antes de servir.


Fonte :  Vegetarianismo.com.br

19 de dez de 2012

ROCAMBOLE VEGANO COM RECHEIO DE BRIGADEIRO COM AVELÃ

 INGREDIENTES PARA A MASSA:

-2xícaras de farinha de trigo
-2colheres de chá de fermento em pó
-1colher de café de bicarbonato de sodio
-1xícara de açucar comum ou mascavo
-1/2xícara de óleo vegetal
-1colher de chá de essência de baunilha
-1colher de sopa de vinagre
-1xicara e 1/4 de água


MODO DE PREPARO :

Junte todos os ingredientes, numa vasilha, e misture até obter uma massa lisa e consistente. Despeje em uma forma média, untada, e asse por 30 minutos em forno 180º C, pré-aquecido. Retire do forno, espere esfriar e desinforme. Coloque o bolo sobre um pano de prato bem limpo e umidecido para facilitar na hora de enrolar. Recheie com brigadeiro de soja, ou outro recheio, e enrole, polvilhe com açucar.


INGREDIENTES PARA O RECHEIO:
 

- 2xícaras de leite de soja em pó
- 1lata de condensado de soja
- 1/2 xícara de avelã (torrada e sem casca) batido no liquidificador
- 3colheres de sopa de óleo vegetal
- 1tablete de chocolate amargo ou meio amargo da arcor
- 1colher de sopa de essência de baunilha
- 4colheres de sopa de cacau em pó
- 1xícara de água fervente

MODO DE PREPARO:


Bata os ingredientes no liquidificador, até formar uma massa homogênea. Passe para uma panela untada, cozinhe a mistura em fogo baixo até dar o ponto.

Fonte: Veganices Femininas

18 de dez de 2012

VACAS GOSTAM DE OUVIR JAZZ ?

Você gosta de ouvir Jazz?
As vacas parecem adorar!

A Hot Nova 5, uma banda de Jaz americana toca para um rebanho de vacas em Autrans, França.

Assista :



ALEMANHA: AO TENTAR ESCAPAR DO MATADOURO, VACA CAI EM PISCINA CONGELADA


Na manhã de sábado do dia 14 deste mês (dezembro/2012), em uma fazenda na Alemanha Ocidental, uma vaca que estava sendo enviada para o matadouro fugiu.
A vaca de 1 ano e meio de idade, 500 kg, saltou sobre cercas de arame farpado e galopou em direção a cidade de Sangerhof, a dois quilômetros de distância. Em seguida ela saltou sobre uma cerca viva e acabou em uma piscina quase congelada.
O proprietário da piscina rapidamente alertou os bombeiros. Foram necessárias seis pessoas para ajudá-la a sair; primeiro tiveram que bombear um pouco da água para fora para que ela não viesse a se afogar. Gerhard Steinhauer, o fazendeiro, dono do animal, então puxou-a com seu trator.

O "Kuhl im Pool" atraiu muita atenção da mídia, com muitas organizações de proteção animal, enviando e-mails para Steinhauer e pedindo que não enviasse a vaca para o matadouro.
O telefone do departamento de bombeiros também não parava de tocar, diz o jornal General Anzeiger.

Steinhauer disse que vai poupar a vaca do matadouro e que tem conversado com Gut Aiderbichl, um santuário de animais. Steinhauer está apenas esperando para receber um certificado de saúde do veterinário do distrito, para enviá-la para o santuário.
Ele, em parte, se sentiu tocado depois de falar com Michael Aufhauser, diretor do santuário Gut Aiderbichl. Aufhauser disse que, depois de lutar tão bravamente pela vida e sobreviver tal como uma provação, ela certamente tem o direito de viver — "O que eu concordo" disse Steinhauer.

Esse não é o primeiro caso de um animal que tenta escapar do matadouro e, provavelmente, não será o último.
Esses animais são seres conscientes ( comprovado por cientistas ) e conseguem sentir que o que lhes espera é somente mais sofrimento.
Todos eles desejam viver e possuem esse direito.

Não financie uma indústria cruel que não possui nenhum respeito pela vida.
Informe-se sobre o vegetarianismo.
Viva e deixe viver!


Tradução: Dani Vasques

Fonte: Care2

9 de dez de 2012

EM IPATINGA, CAMINHÃO DO FRIGORÍFICO FRIGOLESTE DÁ DEFEITO E ANIMAIS AGONIZAM ATÉ A MORTE


Quem passava na tarde deste domingo (9), pelo trecho urbano da BR-381, nas proximidades da estação ferroviária de Ipatinga se deparava com uma cena chocante: um caminhão do frigorífico Frigoleste, de Governador Valadares, estava estacionado no acostamento, lotado de porcos vivos que agonizavam de sede e calor debaixo do sol escaldante de Ipatinga.


De acordo com o motorista, Celso nascimento, ele estava estacionando ali com os porcos deste às 10 horas da manhã. Por volta das 15 horas outro caminhão da empresa chegou ao local e recolheu os animais que tinham mais chances de sobrevivência, os demais permaneceram no sol e foram morrendo um a um.

Uma unidade do Corpo de Bombeiros chegou ao local e com um caminhão pipa jogou água nos animais.


O motorista disse que tão logo o caminhão deu defeito, ele entrou em contato com a empresa pedindo socorro.  Ele informou que ficaria no local até a chegada  do guincho.
O motorista fez questão de mostrar que durante sua permanência no local comprou várias garrafas de água mineral para ele beber,  pois “o calor está insuportável”.

Questionado sobre o que seria feita com aqueles animais que estavam morrendo ali, ele disse que seriam levados para uma fábrica de sabão.
 
Veja o vídeo AQUI. 

Toda vez que você coloca um pedaço de carne no seu prato, você está financiando a crueldade e a exploração de seres inocentes.
Toda vez que você se alimenta de produtos de origem animal, você está financiando empresas que não possuem nenhum respeito pela vida. Estes animais, que assim como os cães e os gatos, são seres sencientes,  são tratados por
estas empresas como "coisas", como meros produtos.

Você pode viver sem explorar animais.
Informe-se sobre o vegetarianismo.
Repense seus hábitos.



Fonte: Plox.com.br

8 de dez de 2012

POLICIAL APOSENTADO INAUGURA A PRIMEIRA LOJA DE DOCES 100% VEGANA DO REINO UNIDO



Ele é um policial justo para os animais!

Policial aposentado que virou vegetariano aos 12 anos de idade e abre a primeira loja de doces genuinamente vegana do Reino Unido - sem cascos e sem besouros esmagados.

John Baldock, 56, abriu a primeira loja doces inteiramente vegana do Reino Unido com produtos feitos com extratos vegetais em vez de gelatina.
Sua loja, chamada "Sweet expectations", em Rochester, Kent, é inspirada em uma loja de doces tradicional onde os doces são alocados em grandes potes e vendidos por peso.

John disse que decidiu abrir a loja porque estava cansado das dificuldades em encontrar doces sem ingredientes de origem animal desde que se tornou vegetariano estrito, aos 12 anos de idade, quando vivia em uma fazenda.
Ele disse: eu desisti de carne pois amava muito os animais. Quando eu disse a minha mãe ela me disse que eu estava passando por uma fase engraçada.

É difícil, quando se é vegetariano, encontrar produtos 100% livres de ingredientes de origem animal.
A maioria das pessoas não sabem que quando compram alguns doces de cor vermelha, que são coloridos com cochonilha, estão comendo besouros esmagados.

'Agora só vendemos doces que contêm beterraba. Existem muitos vegetarianos em todo o Reino Unido agora e acho que minha loja preencheu uma lacuna no mercado.'

Muitos doces contêm gelatina, que é derivada de colágeno de subprodutos animais. Confeitarias tradicionalmente extraem o produto de animais para em seguida, usá-lo para fazer a maioria dos doces mastigáveis, como o marshmallow.

John usa a cera de carnaúba de folhas de palmeira brasileira e ágar-ágar de algas marinhas vermelhas para fazer suas versões veganas.
Sua loja é a única totalmente vegana de todo o Reino Unido, segundo a Sociedade Vegetariana.

Pai de dois filhos, ele disse que o negócio tem crescido desde que abriu sua loja e o estilo de vida mudou completamente, comparado com seu antigo trabalho na polícia, onde serviu por 30 anos, antes de investir sua pensão na criação da loja, um doce paraíso para os veganos.

Ele acrescentou que sua esposa, Virginia, 56, não estava tão entusiasmada com a idéia no início quando imaginou que significaria trabalhar nos finais de semana.
Mas o negócio foi um sucesso tão grande que John pode pagar funcionários para cobrir os finais de semana para ele.



Tradução : Dani Vasques

Fonte: Daily Mail


7 de dez de 2012

IDEC LANÇA FERRAMENTA QUE MAPEIA FEIRAS ORGÂNICAS PELO BRASIL

   
Ferramenta mostra mapa das feiras de produtos orgânicos em todo o Brasil.

Facilitar e estimular a alimentação saudável da população. Esse é o objetivo do mapa das feiras orgânicas que acaba de ser lançado pelo Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) .
O mapa permite localizar a feira de produtos orgânicos mais próxima do endereço digitado e ainda informa os dias e horários de funcionamento e os produtos que são vendidos.

 A iniciativa atende à crescente procura por alimentos mais sustentáveis, livres de agrotóxicos e compatíveis com modos de produção e consumo locais.

O Mapa de Feiras Orgânicas facilita o acesso a estes produtos através da localização de feiras e Grupos de Consumo Responsável (GCRs) mais próximos ao endereço fornecido pelo internauta. Para quem não conhece a sigla, os GCRs podem ser tanto grupos formados por pessoas, quanto instituições, que se organizam para consumir de forma mais consciente, trocar informações e disseminar o acesso a estes produtos.

A ferramenta também oferece um pequeno guia de frutas e hortaliças regionais, informando a respeito de sua sazonalidade. Informações úteis, uma vez que alimentos de época são mais frescos, baratos e podem ser adquiridos por meio de produção local, dispensando o uso intensivo de transporte, quando possível.
Em 2010, uma pesquisa realizada pelo Idec levantou o custo de 18 frutas, verduras e legumes orgânicos encontrados em supermercados e feiras orgânicas em sete capitais do país. Pelo levantamento da organização, em 100% dos casos os produtos orgânicos encontrados nas feiras eram mais baratos em relação aos mesmos vendidos no supermercado. Segundo dados da pesquisa, a diferença de preço entre eles chegava a ser de 463%.

Internautas podem contribuir para manter o programa do Idec atualizado, enviando informações sobre novas feiras.



 Clique na imagem abaixo para acessar o site :


Fontes :
Akatu.org.br / O Globo


3 de dez de 2012

SP - PARADA VEG 2012 - "A PAZ COMEÇA NO PRATO"


Em sua quarta edição, a Parada Veg teve neste ano o Tema: "A Paz Começa no Prato". 
 
Usando máscaras e com faixas e cartazes, cerca de 300 pessoas participaram de uma passeata neste domingo (2) em São Paulo para divulgar o vegetarianismo.

O objetivo do evento foi “celebrar os benefícios desta escolha de consumo sobre a nossa saúde, o meio ambiente e os animais”, informaram os organizadores.

O movimento, convocado na internet pela Sociedade Vegetariana Brasileira, teve início na avenida Paulista por volta das 10h e rumou para a praça Roosevelt, no centro, às 16h30. Uma faixa da rua da Consolação chegou a ser interditada durante o trajeto.

"A partir do momento que se tira a vida do animal, não tem como se falar de paz", diz a atriz Sulivan Sena, 27, uma das organizadoras do evento. "O animal é explorado, submetido a tortura. É um hábito que a gente tem que transcender", completa.

Em uma performance na praça, atores representavam um frango ensanguentado, um boi que carregava um cifrão e um açougueiro que golpeava o planeta Terra.
A socióloga Marly Winkler, 58, presidente da entidade organizadora e vegetariana há quase 30 anos, explica a apresentação: "Há impactos da nossa alimentação também sobre o meio ambiente. Na Amazônia, 80% do desmatamento é causado pela pecuária e pela soja".

O biólogo Guilherme Carvalho, coordenador de departamento de meio ambiente da SVB, explica que o movimento defende os "três eixos da opção vegetariana: os animais, o meio ambiente e as pessoas".

Uma pesquisa recente do Ibope, que revelou que 8% da população do país se declara vegetariana, animou os organizadores da parada. "Significa 15 milhões de brasileiros. Ficamos bem animados com esse resultado", diz Carvalho.

A produtora de cinema Fernanda Mayrinck, 35, veio do Rio de Janeiro só por causa do ato. "É absolutamente importante difundir essa causa para um mundo melhor. É uma indústria do mal essa indústria do consumo de animais", afirma a carioca, que também organiza uma mostra com documentários sobre o tema.

No final do ato, já de noite, os organizadores serviram uma "feijoada vegana": feijão preto, cenoura, batata, amendoim e presunto vegetal defumado.

Nos anos anteriores, os atos, que são sempre marcados para o primeiro domingo de dezembro, se concentraram no vão do Masp. Em 2011,  o evento chegou a reunir 500 pessoas.


PROGRAMAÇÃO:
12h - Mutirão na Horta do Ciclista
14h - Piquenique na Praça do Ciclista
14h - Preparação de faixas e estêncil
15h - Meditação guiada
15h30 - Concentração com fanfarra (traga seu instrumento sem couro)
16h30 - Saída da Praça do Ciclista
17h30 - Chegada na Praça Roosevelt
18h - Feijoada vegana (traga sua colher)
18h - Oficina - Aprendendo a pedalar
18h - Shows - Familia Gangsters (abertura Dupla Caipira de Reggae)


Site da Parada Veg: http://www.paradaveg.org/ | Evento no Facebook

Veja abaixo algumas imagens:



Assista o Vídeo :



Fontes:
Folha de S.Paulo
ParadaVeg