7 de set de 2011

LEITES VEGETAIS


- LEITES VEGETAIS -

Leites vegetais são extraídos de inúmeros grãos e sementes e são
ricos em fibras, ferro, minerais e proteínas.
U
ma ótima opção para quem quer retirar o leite animal do cardápio, que além de não ser saudável, é fruto da crueldade com animais.
Indicado também para quem tem alergia ou intolerância a leite de origem animal, e também para quem busca um alimento nutritivo e saboroso.
podem ser indicados para quem tem alergia ou intolerância a leite de origem animal, e também para quem busca um alimento nutritivo e saboroso.

Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO - Cursos Online : Mais de 900 cursos online com certificado
http://www.portaleducacao.com.br/nutricao/artigos/20163/leites-vegetais#ixzz2DTXgxCay

Vejam alguns exemplos de leites vegetais e seus benefícios:


  • Leite de aveia:

    Contendo fibras solúveis, auxilia no controle da glicemia e por isso é importante na alimentação dos diabéticos.
    Protege o coração e a circulação contra a aterosclerose. É rica em cálcio, ferro, magnésio, vitaminas do complexo B e por conter fibras, facilita o fluxo intestinal.
    Preparo: Separe um copo de aveia em flocos. Hidrate em água por uma noite. Na manhã seguinte, bata com três a quatro copos de água, coe e obtenha um litro de leite.

  •  Leite de linhaça:   Por apresentar substâncias bioativas, a semente de linhaça fortalece a imunidade e nos previne de várias doenças. Contribui para o bom funcionamento do intestino, é um ótimo antiinflamatório, reduz doenças cardíacas e diminui as triglicérides.
    Preparo: Um copo de linhaça para quatro copos de água. Bata e coe três vezes em peneira fina. Dá três copos de leite
     
  • Leite de soja:

    Contém fósforo, magnésio, ferro, cálcio, cobre. Vários aminoácidos essenciais e doze vezes mais proteínas que o leite de vaca. Por ser altamente nutriz, a soja não só revitaliza como proporciona uma verdadeira regeneração celular.
    Preparo: A soja necessita ficar de molho no mínimo seis horas. Após esse período, bata-a no liquidificador na proporção de um copo do grão para três de água filtrada ou mineral. Coe em um pano, espremendo bem o bagaço e leve o leite ao fogo até ferver - com cuidado para não entornar. Após levantar fervura, abaixe o fogo e deixe-o cozinhando por 30 minutos. Um copo de soja dá cerca de dois litros de leite.

  •  Leite de castanha de caju: 

     Sua principal função no organismo é proteger os vasos sanguíneos permitindo que toda a circulação do sangue flua melhor. Fornece proteínas e também diminui o colesterol.
    Preparo: Um copo de castanhas para três a quatro de água. Bata, coe bem e obtenha quatro copos de saúde.

  • Leite de castanha-do-pará :

    As castanhas-do-pará são conhecidas como "pílulas da felicidade". Cada uma possui 60 mcg de selênio, um importante antioxidante que varre as impurezas das células. Contêm ainda vitaminas E e B1, que exercem papel importante no metabolismo das proteínas e na geração de energia.
    Preparo: Um dos mais saborosos! É como tomar leite vindo diretamente da castanheira... Deixe um copo de castanhas pré-lavadas de molho por cerca de oito horas. Bata com quatro copos de água - sempre filtrada ou mineral - para obter três copos de leite. Por ser um leite mais gorduroso, o leite de castanhas precisa ser coado quatro vezes.
     
  • Leite de nozes :

    As nozes, em geral, favorecem o aparelho respiratório. Sua gordura é facilmente metabolizada pelo organismo enquanto seu aspecto enrugado lembra o cérebro humano.
    Não por acaso, as nozes tonificam o sistema nervoso.
    Preparo: Um copo repleto de nozes batido com dois copos de água, sempre mineral ou filtrado, dá de três a quatro copos de um leite surpreendentemente saboroso!

  • Leite de arroz integral :

    Um poderoso desintoxicante. Os nutricionistas dizem que o leite de arroz "descansa" os órgãos do corpo. Rico em proteínas, vitamina B1 e niacina - responsáveis pela transformação das proteínas e carboidratos em energia.
    Preparo: Deixar de molho por oito a dez horas, dois copos cheios de arroz. Leve ao fogo com o dobro de água. Exemplo: dois copos de arroz para quatro de água e assim proporcionalmente. O arroz deve ficar ao fogo sob a medida da mão, ou seja, assim que a mão não suportar mais o calor, é hora de desligar e abafar. Bata e coe várias vezes seguidas. Dois copos de arroz rendem meio litro de leite.

  • Leite de amendoim :

    Rico em proteínas. Protege o organismo da ação dos radicais livres.
    O óleo das sementes não é prejudicial, pois sua gordura não é saturada.
    Preparo: O amendoim utilizado deve ser sem sal e sem casca. Deixe de molho um copo de grãos. Após mais ou menos 8 horas, bata-os no liquidificador com três a quatro copos de água filtrada ou mineral. Coe cerca de cinco vezes para obter quatro copos de leite puro. O amendoim é o leite que mais deixa resíduos.

  •  Leite de gergelim :

    O gergelim é ótimo para os músculos e o cérebro. Tem muita proteína e ácido fólico, essencial na formação das células sanguíneas.
    Preparo: Um copo de sementes de gergelim dá quatro copos de leite. Deixe as sementes de molho por oito horas e bata com quatro copos de água. O resíduo do gergelim batido pode virar um delicioso "queijelim". Acrescente azeite, sal, orégano e misture bem até atingir a consistência de corte.

  • Leite de Quinua :

    Rico em proteínas, aminoácidos e vitaminas.
    Comparada ao leite materno em valor nutritivo, a quinua é riquíssima em proteínas e rico em aminoácidos e vitaminas.
    Preparo: Coloque de molho por oito horas um copo de quinua em grãos. A seguir, bata no liquidificador com três copos de água filtrada ou mineral e coe por três vezes. Rende cerca de meio litro de leite.

  •  Leite de girassol :

    É um poderoso antioxidante, e protege o organismo contra a poluição, o estresse e o envelhecimento precoce. É rico em proteínas e contém minerais como fósforo, cobre, ferro, zinco e vitaminas B6, E e K.
    Preparo: As sementes de girassol utilizadas podem ser com ou sem casca. O importante é que não contenham sal. Deixe um copo de sementes pré-lavadas imersas em água por oito horas. Em seguida, bata no liquidificador com três a quatro copos de água filtrada. Coe bem para obter cerca de meio litro de leite.

  •  Leite de semente de abóbora:

    Rico em ferro, fósforo e cálcio, é um grande aliado no combate à anemia e auxilia na produção de glóbulos vermelhos, na oxigenação das células e na formação de ossos, músculos e cérebro.
    Rica em vitamina E, possui ação antioxidante – que ajuda no combate ao envelhecimento precoce da pele, bem como das células de todo o nosso organismo.
    Limpa os intestinos e combate vermes. As sementes frescas são indicadas para náuseas e enjoos das gestantes.
    Preparo: Para obter um litro desse néctar de saúde, separe um copo de sementes e deixe-as de molho por uma noite. De manhã, bata com três ou quatro copos de água filtrada. Coe bem.


    Dica



    Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO - Cursos Online : Mais de 900 cursos online com certificado
    http://www.portaleducacao.com.br/nutricao/artigos/20163/leites-vegetais#ixzz2DTw7UXZn
    Todo leite vegetal pode ser tomado puro ou adoçado com melaço, açúcar mascavo, etc. Vale inventar e criar suas próprias receitas. Eles combinam muito bem com frutas e podem ser batido no liquidificador com banana, mamão, maçã, abacate, até abacaxi. Também ficam ótimos com frutas secas como ameixa-preta (sem caroço), damascos e uva-passa. 3


    Os segredos que fazem toda diferença

    - Lave bem os grãos antes de começar o processo de "tirar o leite".

    - Todo resíduo poderá ser reaproveitado em sopas, mingaus, assados ou na confecção de pães e tortas.

    - Para obter uma consistência homogênea, os leites vegetais necessitam ser coados de três a quatro vezes em peneira fina ou pano macio. Coe, separe o bagaço e volte a coar sucessivamente. No caso de optar pelo pano, faça um saquinho largo e reserve-o só para esse fim. A vantagem do saquinho é que com ele pode-se "ordenhar" os grãos - o que dá uma sensação especial e gratificante.

    - Os leites vegetais não toleram temperaturas elevadas. Conserve-os sempre em geladeira e se precisar aquecer, não deixe ferver, pois podem talhar. O uso da canela é indicado quando o leite for aquecido.

    Quantidade de cálcio em 100g de :

    Amêndoas: 237 mg
    Amendoim torrado: 39 mg
    Aveia: 5 mg
    Castanha de caju: 33 mg
    Castanha do pará: 146 mg
    Chia: 672 mg
    Gergelim: 825 mg
    Girassol: 116 mg
    Leite de coco industrializado: 6 mg
    Linhaça: 211 mg
    Noz: 105 mg
    Quinua: 112 mg
    Semente de Abóbora:
    Soja farinha: 206 mg
    Soja natural: 17 mg

                        
      

    Fontes:
    Mundo Verde
    Cantinho Vegetariano
Veja também:

http://www.guiavegano.com/receitas/leitevegetal/index.html


http://vista-se.com.br/redesocial/leite-de-aveia-um-coringa-na-cozinha/


3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Além de mais saudável é menos cruel, fiz uma postagem sobre isso e citei seu blog:
    http://blogueiraindesejada.blogspot.com.br/2013/02/leite-porque-nao-consumir.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Inara !

      Exatamente, saudável e sem crueldade!
      A melhor opção para todos, humanos e não-humanos.

      Obrigada por comentar e por citar o blog ! :)
      Abraços!

      Excluir