9 de fev de 2013

ATOR DE "BABE" É PRESO AO PROTESTAR CONTRA TORTURA DE GATOS EM UNIVERSIDADE


O ator James Cromwell, 73 anos, conhecido por seu papel no sucesso "Babe, Um Porquinho Atrapalhado" e por inúmeras outras produções premiadas de Hollywood, incluindo "À Espera de um Milagre" e "O Artista", foi preso no dia 7 ( fev/2013) ao participar de uma manifestação na Universidade de Wisconsin.

Cromwell, que se tornou vegano durante as gravações de Babe, é um antigo defensor dos Direitos Animais e sentiu que era hora de chamar a atenção, pessoalmente, de todos aos abusos cometidos contra os gatos na Universidade. 

Ele interrompeu um encontro dos reitores carregando cartazes com fotos das experiências que são feitas na instituição, incluindo placas de metal implantadas na cabeça dos animas, dizendo :  "Eles são ensurdecidos, passam fome durante dias e depois são decapitados. Isso não é ciência. Isso é tortura! Isso é um crime!"

Ele e um membro da PETA foram presos e multados por policiais do campus por prática de conduta desordeira. Mas antes eles conseguiram que o conselho encarasse o rosto de um dos muitos gatos que foram atormentados e mortos nos laboratórios da universidade devido à realização de experimentos em seus cérebros e ouvidos.

A gata amarela mostrada na imagem virou sinônimo da crueldade cometida contra gatos em laboratórios.
Os pesquisadores aparafusaram um pilar de ferro no crânio dela para imobilizar sua cabeça e assim implantar dispositivos elétricos dentro de seus ouvidos. Eles deixaram a cabeça da gata desenvolver uma grande e infectada ferida e a deixaram com fome durante dias, até o momento em que ela começou a cooperar com eles em troca de um pedaço de pão para comer. Finalmente, quando a experiência demonstrou-se um fracasso, eles a mataram.

Um representante de James afirma que ele foi levado pela polícia, mas logo foi solto, segundo informações do The Hollywood Reporter.

Assista ao vídeo abaixo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário