25 de abr de 2013

PROJETO DE LEI QUE PROÍBE A VENDA DE ANIMAIS EM PET SHOP É APROVADO EM SALVADOR


“Existem cerca de 100 mil animais abandonados na cidade esperando um dono. É preciso que as pessoas entendam que amigo não se compra se conquista”

 O Projeto de Lei que proíbe a venda de animais em Pet Shops de Salvador foi aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal de Vereadores, nesta quarta-feira, 24. A proposta, do vereador Marcell Moraes (PV), ainda precisa ser sancionada pelo prefeito ACM Neto, o que, segundo o vereador, deverá acontecer entre quinze a noventa dias.

Caso o projeto vire lei, os Pet Shops têm até 120 dias para se adequarem às novas regras e ficam proibidos de comercializar animais de estimação. A compra somente será permitida em canis credenciados.

"É o primeiro projeto de lei da área animal que foi aprovado na câmara. A gente sabe que muitos animais são maltratados nos pet shops e ficam no frio e com fome. Além disso, fizemos uma pesquisa e constatamos que 30% dos cem mil animais que estão abandonados em Salvador foram comprados nesses estabelecimentos", ressaltou o vereador.

Conforme Marcell, a expectativa é de que em 2014 nenhum pet shop comercialize animal na capital baiana.
"Sei que muitos donos de pet shops vão ficar com raiva de mim, mas eles terão de se preocupar em vender ração e não animais. As pessoas que acham que animal é mercadoria estão me detestando, mas eu não estou preocupado com isso", disse Moraes.

O projeto segue para ser sancionado pelo prefeito ACM Neto (DEM) e o vereador afirma estar tranquilo para esperar a decisão do prefeito, que, conforme ele, é sensível à causa.
"Eu tenho certeza que o projeto vai ser sancionado o quanto antes. Sou da base do prefeito e estarei marcando reunião com ele ainda essa semana para falarmos sobre o assunto", disse.


Nenhum comentário:

Postar um comentário