13 de set de 2012

MORREU, LENTAMENTE, ENTRE OS PEDAÇOS DE SUA MÃE


Ele tinha apenas 8 meses e com mais alguns dias teria vindo ao mundo e conhecido sua mãe.
Mas a indústria da carne não permitiu.
Sua mãe foi pendurada por uma pata, assassinada, e seu útero foi cortado e jogado em um recipiente de resíduos.
E este pequeno, sem o calor do útero mo
rreu lentamente, entre os pedaços de sua mãe.


Como alguém pode aceitar que, um momentâneo prazer do paladar justifique essa estúpida crueldade?

Não financie uma indústria cruel e covarde que não possui nenhum respeito pela vida.

Repense seus hábitos.
Informe-se sobre o vegetarianismo e o veganismo.


 Dan Vasques

Nenhum comentário:

Postar um comentário